// um app legal de vez em quando

Ok, eu realmente não ando clicando em nada do Facebook que venha com a tal da frase “Create your own”. Mas esse é legal e conseguiu juntar coisas interessantes e frases realmente verdadeiras, tipo “Salvador está me matando”…

O app se chama “Shaker – My Album Cover Generation” e oferece várias opções de capas, vários gêneros musicais e vários títulos, alguns bem divertidos:

Para fazer o seu, clique aqui!

// trânsito: breakdance na Nigéria

Imagem: Reprodução

Este rapaz aí em cima se chama Sebul Audu. É um dos guardas de trânsito de Abuja, capital da Nigéria (África). Abuja tem pouco mais de 1 milhão de habitantes em uma área de 8 mil km², com densidade demográfica de mais de mil habitantes por quilômetro quadrado. É nesta cidade que Sebul Audu trabalha.

A figura me lembrou duas outras pessoas: Jorge, o Anjo da Sinaleira, que trabalha todos os dias na sinaleira de Ondina (Salvador), limpando vidros e arrancando sorriso sinceros dos motoristas mais simpáticos; e Renato Sorriso, o famoso gari sambista da Praça da Apoteose (Rio de Janeiro).
Continuar lendo

História do Natal Digital

Depois de uma semana inteira pensando no que escrever por aqui, certamente que estou atrasada com esse vídeo em relação aos 1.662.923 pessoas que viram ele antes de mim no Youtube. Tá, mas eu acho que tem mais uma porrada de gente que não viu: nos EUA, França, Paquistão, Portugal, Índia, Canadá, Rússia, Alemanha e Polônia (meu muitóbrigada ao povo dessas bandas que anda lendo meu blog). A esse povo, que como eu anda atrasado em relação a umas coisinhas bem interessantes, vejam um vídeo massa sobre a história do Natal, como seria contada nos dias de hoje.

Um beijo e até os pedidos ao bom velhinho!

P.S. Dá para ver em inglês também 😉

The Facebook

Eduardo Saverin e Mark Zuckerberg - os bastidores da ciração do Facebook

Dois americanos e um brasileiro. Resultado: 22 mil acesos em duas horas que derrubaram a rede de internet no território intelectual mais respeitado dos Estados Unidos: a Universidade de Harvard. E menos de seis meses depois, estava criado o Facebook, o maior site de relacionamentos do mundo, com mais de 500 milhões de usuários em todo o mundo. De fato, não se consegue 500 milhões de amigos sem fazer alguns inimigos.
Continuar lendo