21 anos sem Freddy Mercury: o que ele não viu

24 de novembro de 2012: hoje faz 21 anos que morreu Freddy Mercury, alma do Queen. O vocalista da banda britânica nos deixou aos 45 anos, vítima de uma broncopneumonia causada pela AIDS.

Para homenageá-lo, pensei em alguma coisa parecida com o Tumblr mais legal de todos os tempos, ‘Coisas mais novas que Oscar Niemeyer’!

Então, vamos a uma lista de coisas que o Freddy Mercury – feliz ou infelizmente – não viu acontecer:

1991: 
– Fim da União Soviética (25 de dezembro)

1992:
– ECO-92 (3 a 14 de junho)
– Impeachment de Collor (29 de dezembro)

1993:
– Fundação do Primeiro Comando da Capital, o PCC (15 de março)
– Plebiscito que definiu permanência do Brasil como República Presidencialista (21 de abril)
– Chacina da Candelária (23 de julho)
– Aperto de mãos histórico entre o primeiro ministro israelita, Yitzhak Rabin, e o líder da OLP, Yasser Arafat (13 de setembro)
– Nobel da Paz para Nelson Mandela (15 de outubro)
– Primeira clonagem de embriões humanos (25 de outubro)

1994: 
– Fim do embargo norte-americano ao Vietnã (3 de fevereiro)
– Nascimento de Justin Bieber (1º de março)
– Forças da ONU assume aeroporto de Sarajevo (7 de março)
– Morte de Ayrton Senna (1º de maio)
– Tetracampeonato brasileiro de futebol (17 de julho)
– Eleição de Fernando Henrique Cardoso (3 de outubro)
– Primeira viagem pelo Canal da Mancha (13 de novembro)
– Início da operação da internet no Brasil (20 de dezembro)

1995: 
– Terremoto de Kobe, no Japão (16 de janeiro)
– Controle do Afeganistão pelo Taliban (12 de fevereiro)

1996: 
– Reeleição de Boris Iéltsin, na Rússia (3 de julho)
– Morte de Ernesto Geisel (12 de setembro)

1997:
– Venda de 2,5 milhões de cópias em 48 horas do lançamento do Final Fantasy VII (31 de janeiro)
– Protesto do MST em Brasília contra FHC (15 de abril)
– Lançamento do primeiro livro da saga Harry Potter (30 de junho)
– Transmissão pela TV do funeral da Princesa Diana (6 de setembro)

1998:
– Lançamento do iMac (7 de maio)
– Lançamento do Windows 98 (25 de junho)
– Fundação da Google (4 de setembro)
– Prisão de Augusto Pinochet (16 de outubro)
– Morte de Tim Maia (15 de março)

1999:
– Massacre de Columbine (20 de abril)
– Morte de Dias Gomes (18 de maio)
– Estreia de ‘A Ameaça Fantasma’, episódio 1 de Star Wars (19 de maio)

2000: 
– Lançamento do The Sims (28 de fevereiro)
– Pedido de perdão do Papa João Paulo II pelos erros cometidos pela Igreja Católica (7 de março)
– 500 anos de Brasil (22 de abril)
– Sequestro do ônibus 174, no Rio de Janeiro (12 de junho)
– Prisão do juiz Nicolau dos Santos Neto (8 de dezembro)
– Eleição de George W. Bush (13 de dezembro)

2001: 
– Incêndio que destruiu estúdio do Xuxa Park (11 de janeiro)
– Lançamento da Wikipédia (15 de janeiro)
– Boato da doença da vaca louca (2 de fevereiro)
– Queda da Mir, estação espacial russa, no Pacífico (23 de março)
– Apagão no Brasil (5 de abril)
– Sequestro de Patrícia Abravanel (21 de agosto)
– Bombardeio às torres gêmeas do World Trade Center (11 de setembro)
– Fuga de 106 presos de Carandiru (26 de novembro)

2002: 
– Sequestro de Ingrid Betancourt (23 de fevereiro)
– Assassinato de Tim Lopes (17 de junho)
– Pentacampeonado mundial de futebol do Brasil (30 de junho)
– Morte de Chico Xavier (30 de junho)
– Naruto vai ao ar na TV (3 de outubro)
– Eleição de Lula (27 de outubro)
– Condenação do Maníaco do Parque a 260 anos de prisão (12 de dezembro)

2003: 
– Reeleição de Fidel Castro (6 de março)
– Prisão de Michael Jackson (20 de novembro)
– Morte de Jorge Laffond, a vera Verão (11 de janeiro)

2004:
– Criação do Orkut (19 de janeiro)
– Morte de Marlon Brando (1º de junho)
– Morte de Yasser Arafat (11 de novembro)

2005:
– Descoberta, no Egito, da suposta tumba de Tutankhamon (10 de março)
– Morte do Papa João Paulo II (2 de abril)
– Lançamento do Xbox 360 (12 de maio)
– Denúncia do Mensalão por Roberto Jefferson (6 de junho)
– Absolvição de Michael Jackson (13 de junho)
– Assassinato de Jean Charles de Menezes (22 de julho)
– Parceria entre Google e Nasa (29 de setembro)

2006:
– Publicação de caricaturas do profeta Maomé no jornal dinamarquês Jyllands-Posten (31 de janeiro)
– Visita de Dalai Lama ao Brasil (26 de abril)
– Tetracampeonato mundial de futebol da Itália (9 de julho)
– Lei Maria da Penha (7 de agosto)
– Plutão deixa de ser reconhecido como planeta (24 de agosto)
– Acidente com o voo 1907 da Gol (29 de setembro)
– Execução de Saddam Houssein por enforcamento (30 de dezembro)

2007:
– Morte de João Hélio (7 de fevereiro)
– Desaparecimento de Madeleine McCann em Portugal (3 de maio)
– Lançamento do Google Street View (25 de maio)
– Acidente com Airbuss da Tam (17 de julho)
– Posse de Cristina Kirchner na Argetina (11 de dezembro)

2008:
– João Henrique toma posse como prefeito reeleito de Salvador (1º de janeiro)
– Renúncia de Fidel Castro (19 de fevereiro)
– Posso de Raúl Castro (24 de fevereiro)
– Assassinato de Isabella Nardoni (29 de março)
– Morte de Dercy Gonçalves (19 de julho)
– Eclipse total do sol (1º de agosto)
– Morte de Eloá Cristina Pimentel (19 de outubro)

2009: 
– Posse de Barack Obama (20 de janeiro)
– Lançamento da Sonda Kepler (6 de março)
– Acidente com Air France 447 (31 de maio)
– Morte de Michael Jackson (25 de junho)
– Primeira morte por gripe suína no Brasil (29 de junho)
– Nobel da Paz para Barack Obama (9 de outubro)

2010: 
– Lançamento de Avatar nos cinemas (3 de fevereiro)
– Primeiro transplante de face (23 de abril)
– Prisão do goleiro Bruno, acusado de matar Elisa Samudio (7 de julho)
– Acidente prende 33 trabalhadores em uma mina no Chile (5 de agosto)
– Resgate dos 33 mineiros do Chile (13 de outubro)
– Eleição de Dilma Rousseff (31 de outubro)

2011: 
– Incêndio na Cidade do Samba (7 de fevereiro)
– Massacre do Realengo (7 de abril)
– Assassinato de Osama Bin Laden (1º de maio)
– Reconhecimento do casamento gay no Brasil (5 de maio)
– Erupção do vulcão chileno Puyehue (4 de junho)
– Renúncia de Antonio Palloci (7 de junho)
– Saída de Steve Jobs da presidência da Apple (24 de agosto)
– Acidente com Bonde Santa Tereza, no Rio de Janeiro (27 de agosto)
– Morte de Steve Jobs (5 de outubro)
– Condenação de Conrad Murray pela morte de Michael Jackson (29 de novembro)

2012:
– Fechamento do Megaupload (19 de janeiro)
– Corinthians campeão da Libertadores (4 de julho)
– Morte de Neil Armstrong (25 de agosto)
– Fim do mundo, será? (21 de dezembro)
– Desocupação de João Henrique da Prefeitura de Salvador (31 de dezembro)

Anúncios

// … vevé calazans

É d’Oxum é uma das músicas mais maravilhosas que já tive o prazer de ouvir. E digo maravilhosa porque não havia pensado no sentido genial dela como retrato da Bahia até pouco tempo atrás. A explicação da genialidade da letra veio de forma tão natural que me perguntei depois como nunca havia imaginado É d’Oxum assim.

Faz pouco mais de dois meses que me sentei em uma das mesas da Cantina da Lua para bater um papo com três nomes da música baiana: Gerônimo, Laurinha Arantes e Lui Muritiba. Enquanto esperava os dois últimos chegarem, tive uma verdadeira aula de história com Gerônimo.

E estou falando de Gerônimo porque ele é co-autor de É d’Oxum. A obra prima é dele e de outro gênio da música baiana: Vevé Calazans, que morreu na manhã deste sábado (28) em Salvador.

– Um homem como Vevé Calazans, que fez tantas composições geniais, hoje não escreve mais. E não o faz há muito tempo porque não encontra condições para isso. Compor hoje, fazer uma música, demanda muito dinheiro – disse Gerônimo.

Não disse uma palavra, continuei prestando atenção.

É d’Oxum, por exemplo, música minha e de Vevé, fala muito disso, de vaidade. Quando a gente fez essa música dizendo que ‘nessa cidade, todo mundo é d’Oxum’, a gente quer dizer que todo mundo anda com um espelho na mão, todo mundo só olha para si mesmo.

Quanta verdade em uma frase. Ver a notícia da morte de Vevé Calazans hoje pelo facebook de um amigo, procurar quais meios de comunicação haviam noticiado o fato e não encontrar uma linha sequer faz pensar nisso…

Vevé tinha 64 anos e morreu de câncer no Hospital Jorge Valente, em Salvador, onde estava internado desde 16 de abril. O sepultamento acontece amanhã (29/4), às 9h, no Cemitério do Campo Santo.

Memórias do Mar:

É D’Oxum:

// R.I.P. Whitney Houston

É, mais um… Não que deva ser visto assim, claro que não. Mas é esquisito como vamos perdendo talentos inquestionáveis da nossa música. Vamos falar do susto que foi perder Amy, depois Wando – com a confusão da greve da PM baiana, mal deu para postar qualquer coisa por aqui -, agora o mundo perde Whitney Houston, a grande estrela que emplacou hits por anos. Quem nunca cantou I Will Always Love You, a plenos pulmões, seja de que idade for, que atire a primeira pedra. E quem nunca a ouviu nas dezenas de DVDs de flashback 80’s e 90’s, também.

Continuar lendo

// 30 anos sem a Pimentinha

19 de janeiro de 1982: há 30 anos,o Brasil perdia uma das vozes mais marcantes – se não a mais – de sua história musical. Elis Regina Carvalho Costa, gaúcha de Porto Alegre, morria em São Paulo,aos 36 anos, vítima de overdose de cocaína e álcool.

Mesmo com carreira curta, a Pimentinha, como ficou conhecida, marcou para sempre a MPB. Canções como Águas de MarçoComo Nossos Pais, O Bêbado e a Equilibrista, Arrastão, MadalenaMe Deixas Louca, cá do alto da minha humilde opinião, jamais terão interpretações tão vicerais como aquelas na voz de Elis.

Continuar lendo

// Rehab in the Sky ♪

Foto: Divulgação

A cantora britânica Amy Winehouse, dona de sucessos como Rehab, Just Friends, Back to Black, Tears Dry on Their Own, Love is Losing Game e uma série de outras canções que conquistaram metade do mundo nos últimos anos, foi encontrada morta na tarde deste sábado (23), em seu apartamento, em Londres, na Inglaterra. Convenhamos, essa notícia, infelizmente, já era esperada há um certo tempo, dado o inegável rendimento da cantora às drogas.

Aos 27 anos, Amy entra para o hall dos grandes nomes da música que partiram por conta do envolvimento com entorpecentes. Completam a lista: Janis Joplin, Kurt Cobain, Jim Morrison Jimi Hendrix. Todos aos 27. Embora esperada, a notícia é, sim, muito triste. O mundo perde um grande nome, uma grande voz, uma compositora exímia, com um feeling incrível para letras e para a musicalidade que lhe renderam fãs no mundo inteiro.

O que, incrivelmente, ainda me deixa estarrecida é a reação das pessoas à noticia.
Continuar lendo